domingo, 16 de outubro de 2011

Entenda porque quando você fuma Maconha você tem larica!

Um dos maiores prazeres de quem consome Maconha é comer logo após utilizá-la, para matar a famosa larica. Não podemos negar que os alimentos ficam mais saborosos e a degustação do mesmo fica muito mais sensível e prazerosa; o nosso apetite normalmente é direcionado para alimentos adocicados e as vezes uma mistura doce e salgada, que os especialistas chamariam de perversão do apetite. No entanto, você já deve ter se perguntado o porque desta fome exacerbada, mesmo quando você se alimentou recentemente.

Pois bem, estudos comprovam que o THC (delta-9-tetrahidrocanabinol) é benéfico na indução ao apetite da pessoa. Por isso, justamente se utiliza da maconha em tratamentos de Aids. Os pacientes desta doença tem uma redução no apetite gigantesca, devido aos coquetéis anti-Aids. Já é bem difundido inclusive, este tipo de tratamento em países que adotam uma política liberal, tais como, Holanda, Suiça , Canadá. Tratamentos usando a chamada Maconha Medicinal também são usados nos EUA.

Quando o individuo se utiliza da Cannabis, o princípio ativo da Maconha, o THC, estimula o que chamamos de Hipotálamo, que está situada na região central do diencéfalo, que tem a função de regular alguns outros processos metabólicos e atividades autônomas. O Hipotálamo liga o nosso sistema nervoso central ao sistema endócrino sintetizando a secreção de neuro hormônios.

Quando o Hipotálamo é estimulado ele produz um hormônio que é conhecido como leptina, que é justamente o que regula o apetite, regulando assim a ingestão de alimento e o ganho de peso do seu organismo. Estudos confirmam que a anandamida é capaz de bloquear a ação da leptina.

Observa-se, que o sistema canabinoide do nosso organismo quando é estimulado, principalmente através do principio ativo da Maconha, o chamado THC, provoca diversas reações em nosso organismo. Muitas estão sendo reutilizadas na medicina moderna, como por exemplo, no tratamento de câncer, fibromialgia, stress, quimioterapia, entre outros. As inúmeras propriedades benéficas advindas da Cannabis e seus derivados estão expostos para quem quiser ver, comprovados pela ciência. Contudo, muito destes tratamentos poderiam ser mais bem utilizados, se não fosse ainda a ignorância de uma grande parcela da população, que odeia essa planta e nem sequer sabe os motivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário