quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Aumenta a pressão para legisladores colocarem em prática o programa de Maconha Medicinal em New Jersey

Pacientes e médicos do Estado de New Jersey, nos Eua pedem mais movimentação dos legisladores, para enfim colocar o programa de maconha medicinal em prática, que foi aprovando no ano passado.

O programa do estado tem recebido várias críticas, além de ser taxado de ocioso desde que aprovada a lei, há quase dois anos. Segundo o relatório, o programa de maconha medicinal tem várias falhas e ainda está longe de ser o ideal para o lançamento.

Pacientes e funcionários dos dispensários andam preocupados com a falta de progresso na obtenção de centros em funcionamento de maconha medicinal. Cartões de identificações de pacientes não começaram a ser feitos e o departamento de saúde não tem certeza se vai mesmo publicar os nomes dos 108 médicos que estão pré-inscritos no programa, deixando os pacientes sem saber onde recorrer para conseguir as prescrições médicas.

Chris Goldstein, membro de um grupo de defesa ao paciente que se utiliza da maconha medicinal de Nova Jersey, disse que continua decepcionado o programa que não será executado até o final do ano.

Roseanne Scotti, diretora da Drug Policy Alliance de Nova Jersey - é uma das que ajudou a aprovar a lei em janeiro de 2010- foi mais otimista sobre o progresso incremental para enfim colocar em prática o programa de maconha medicinal.

“Estamos tristes pelo não começo do programa, mas não podemos ficar muito desapontados, pois o progresso é o progresso”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário