terça-feira, 1 de novembro de 2011

Confira como tratar algumas deficiências da Cannabis

Em posts passados falamos um pouco sobre as necessidades de nutrientes para as plantas, além de algumas dicas de como se fazer um bom vaso destinado ao cultivo de Cannabis. Hoje, vou focar um pouco sobre as deficiências de nutrientes, que acabam causando muito transtornos a cultivadores menos experientes.

Partindo –se do pressuposto que você esteja já utilizando uma terra boa para o plantio da maconha, ao passar dos meses a sua plantinha vai crescendo cada vez mais. Com isso, aumenta a demanda de usar fertilizantes para suprir as necessidades das meninas. Como muito sabem, aqueles jardineiros que possuem pouca prática acabam tendo muitos problemas nestas horas, com o excesso ou a falta de fertilização.

Um dos trunfos que os bons cultivadores prezam é o olhar observador e clínico durante a vida da planta. São as alterações ocorridas nas próprias plantas, no qual te possibilita diagnosticar as diferentes deficiências nutricionais que podem ser vivenciadas durante o cultivo indoor ou o cultivo outdoor.

Separando os macro nutrientes necessários para o crescimento ideal da Maconha (NPK), vamos discutir alguns sintomas que servem de base para o diagnóstico da deficiência de nutrientes:

Amarelamento das folhas velhas e diminuição no crescimento:

Solução: Aplicar fertilizante NPK, com maior concentração de N e aguardar durante uma semana para ver os resultados. Nesta situação pode ser também uma deficiência de um micro nutriente, o enxofre. Para resolver a situação, aplique o enxofre de acordo com o recomendado pelo fabricante.

Plantas com crescimento atrofiado e aparição de manchas escuras:

Solução: Normalmente este problema se resolve regulando o PH do solo em 5,5 e 6,0 em alguns dias, para favorecer a absorção de P.

Oxidação na borda de algumas folhas; galhos sem muita força; folhas com pouco brilho:

Solução: Utilizar durante alguns dias fertilizantes NPK, com maior concentração de K

Amarelamento entre os nervos das folhas e alguns pontos de oxidação nas folhas mais velhas:

Solução: Dissolver uma colher de Sal Amargo em 5 L a cada 6 dias.

Descoloração e necrose em folhas mais velhas:

Solução: Manter por uns dias o PH entre 5,5 e 6,0 para que facilite a absorção de zinco pela planta.

Queda das folhas mais velhas:

Solução: Aplicar os elementos N/K/Mg/Z

Folhas curvas para cima:

Solução: Aplicar Mg

Folhas curvas para baixo:

Solução: Aplicar K/Cu

Folhas novas enrrugadas e curvas:

Solução : Aplicar os elementos K/Zn/B/Mo

Nenhum comentário:

Postar um comentário