quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Maconha sintética volta a ser alvo nos EUA

A Maconha sintética vem causado um verdadeiro alvoroço nos Estados Unidos. Após a morte de um jovem envolvido em um acidente de trânsito, na cidade de Chicago, no qual se constatou que ele tinha utilizado maconha sintética, parlamentares já pensam em proibir o uso e o comércio desta substância, que é facilmente encontrado em lojas nos Estados Unidos.

O Jovem Max Jacob Dobner havia comprado uma maconha sintética conhecida como Potpourri, que são comercializados a partir de uma brecha existente na legislação, fazendo com que este produto seja comercializado como qualquer outro.

Karen Dobner, mãe da vítima, observou que existem mais de 1.000 fabricantes de maconha sintética e mais de 400 substâncias químicas utilizadas em seus produtos. Segundo o DEA, em todos os pacotes testados por eles, alguns tem o efeito diferente, podendo ser mais forte ou mais fraco, portanto você não sabe o que você está recebendo. Você não sabe o que química e você não sabe em qual potência está esta droga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário