quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Conheça as propriedades medicinais da Blue Widow


Um dos fatos defendidas no Planeta Maconha insistentemente  são as propriedades medicinais da maconha . Mesmo que muitos insistem em não ver este lado humanitário, em muitos lugares, onde já se abriu os olhos para a verdade, a maconha é usada para diferentes fins terapêuticos, desde dores crônicas à pacientes terminais, que só querem um pouco de conforto e um pouco de alívio neste momento tão difícil.
Como no Brasil até pouco tempo se falar em maconha, parecia que estávamos falando a favor do Hezbollah, criamos esta seção das propriedades medicinais da maconha, no qual apresentamos os mais famosos strains que estão disponível no mercado canábico.

Na seção de hoje vamos falar da variedade Blue Widow que tem uma perfeita combinação de sabor, aparência e força. Esta planta é um hibrido, com uma perfeita combinação de duas variedades famosíssimas nos coffe shops holandeses: uma mãe Blueberry e um pai White widow. Outra característica marcante desta variedade são a grande produção de resina e também a safra que é bem satisfatória. Quando cultivada em exterior ela pode atingir até 3 metros de altura e a safra proporcional ao tamanho.

Os camarões desta variedade ficam muito densos nas ultimas duas semanas do florescimento e um cuidado especial com a ventilação quando cultivada indoor e a umidade, quando cultivada em outdoor deve ser redobrado para prevenir mofos. O florescimento desta genética se estende durante o período de 7 a 8 semanas e possui uma concentração de THC que varia de 12 a 16 %.

A Blue Widow é uma maconha usada para fins medicinais, quando estamos falando de pacientes que sofrem de muita ansiedade, stress e até em casos de depressão. Os principais efeitos desta planta são euforia e muita felicidade.

Usuários da Blue Widow são declaradamente apaixonados com este excelente strain, muito devido a sua intensa onda, que é muito proveitosa seja para fins recreacionais ou para casos mais sérios, como são os dos pacientes medicinais da maconha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário