sábado, 17 de dezembro de 2011

Fronteira dos EUA é um paraíso para narcotraficantes


Apesar dos Estados Unidos cada vez mais financiar a guerra contra as drogas e assim gerar mais violência do que de fato combater o tráfico de drogas , um ponto fundamental vem sendo negligenciado pelos americanos, que são justamente as suas fronteiras, que mais parecem um cenário de guerra, no qual os carteis do narcotráfico avançam sem pudor, para que drogas como Maconha, Cocaína e Heroína sejam vendidas para cidadãos norte-americanos.

Segundo a polícia responsável pelo setor de imigração, o números de soldados que fazem a segurança na fronteira é insuficiente para tanta demanda de trabalho. Contudo, o governo dos Estados Unidos parece mais preocupado em barrar e prender imigrantes, que tentam atravessar a fronteira em busca de uma vida melhor.

Para a polícia das fronteiras, dificilmente com este efetivo atual eles darão conta de patrulhar os mais de 2.000 quilômetros de extensão da fronteira, o que se torna um lugar propenso para que os narcotraficantes transportem suas mercadorias.

Membros do cartel sabem que mesmo se um dos sensores de movimento do solo pega seus movimentos, eles ainda têm uma grande vantagem. Cada agente de patrulha é responsável por uma área considerável, sendo que ele é apenas um homem com uma arma, contra vários bandidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário