quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Aumenta a pressão para que o DEA coloque a Maconha no mesmo grupo dos analgésicos


O ano de 2012 começou a todo vapor quando o assunto é maconha medicinal. Os ataques aos dispensários de maconha parecem ter cessado e o que aumentou foi a pressão dos Estados norte americanos em reclassificar a Maconha como uma droga que tem sim valores medicinais e podem ser prescritas pelos médicos. Atualmente a Maconha é classificada pelo governo Federal como uma droga que não possui fins medicinais.

Pouco antes da celebração do Natal, o Colorado se tornou o 4 estado americano a se pronunciar a favor da maconha medicinal, juntando mais uma voz ao coro que pede para a Drug Enforcement adminsitration (DEA) a reclassificar a maconha.

O DEA respondeu que vai analisar os pedidos dos estados americanos para que assim a maconha possa ser colocada no mesmo grupo dos analgésicos. Os governadores de Washington e Rhode Island entraram com uma petição formal em novembro, seguido pelo Vermont, que assinou o pedido logo depois.
Todos os quatro estados estão entre os dezesseis o Distrito de Columbia que têm leis que permitem o uso medicinal da maconha, mesmo que a droga continuando a ser ilegal sob a lei federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário