quarta-feira, 21 de março de 2012

Confira as propriedades medicinais da Shark Shock

Hoje, como de costume todas as quartas no Planeta Maconha, vamos falar das propriedades medicinais das infinitas variedades de Maconha disponível neste imenso mundo canábico. No post de hoje vamos falar de uma das strains mais concorridas por pacientes que se utilizam da maconha para uso terapêutico, que se trata da Shark Shock do famoso banco de sementes Mr. Nice Seeds.

Esta variedade é muito famosa e ficou conhecida como uma das genéticas mais bem sucedidas dos anos 90, desde o seu lançamento, quando ainda se chamava Great White Shark. A genética desta variedade é composta por por strais já consagradas e ganhadoras de muitas competições internacionais de maconha, como a famosa e apreciada White Widow e o tão famoso quanto Skunk #1.

A Shark Shock é utilizada por pacientes de maconha medicinal que procuram alívios para dores, falta de apetite, stress pelo trabalho e as atividades do dia dia, náusea e ansiedade. Os pacientes que fazem uso desta variedade relatam que ao fumar um bud desta planta a sensações de preguiçoso, criador, eufórico se misturam em uma “onda” muito gostosa e relaxante.

Esta linda planta de maconha pode ser cultivada indoor ou outdoor, proporcionando um resultando muito bom para o cultivador. A safra desta variedade pode alcançar impressionantes 500 a 600 gramas por metro quadrado, causando espanto e surpresa em muitos cultivadores experientes, que além de produzir uma maconha de qualidade, também se preocupam com a quantidade.

É muito prazeroso ver esta linda genética do banco de Sementes de Maconha Mr. Nice crescer de forma densa e compacta, e com o um aroma muito gostoso e um sabor palatável, que realmente vai fazer você adorar esta strain. Definitivamente é uma variedade que agrada muito a seus usuários e com toda certeza não pode faltar na sua prateleira. Sem dúvida alguma a Shark Shock vai te proporcionar uma experiência incrível, que vai fazer você se tornar também um fã e apreciador desta linda planta de maconha.


2 comentários: