segunda-feira, 28 de maio de 2012

Nova biografia do presidente dos EUA mostra a face maconheira de Obama


Foram divulgados no fim de semana algumas páginas de uma nova biografia sobre o Presidente americano intitulada 'Barack Obama: The Story', de David Maraniss, que contém revelações sobre os seus hábitos na adolescência, principalmente quando ele se empanturrava de maconha. Por incrível que pareça para alguns, mas sim, o presidente dos Estados Unidos, este mesmo ser que ataca com veemência os dispensários de maconha medicinal – privando vários pacientes de conseguirem o seu remédio – era um grande maconheiro, assim como eu ou você, que está lendo este post.

Embora o livro só esteja disponível a partir de 19 de junho, desde o fim de semana era possível consultar largos trechos do livro pela o vasto mundo cibernético da Web. Nestes relatos da internet, vemos que uma das passagens mais interessantes da obra, afirma que o atual presidente dos Estados Unidos Barack Obama, era um praticante assíduo de basquete e que, quando era estudante e morava no Havaí,  Obama era integrante de um círculo de amigos, que se intitulava Choom Gang , que teria a tradução parecida com “Gang dos fumadores de maconha”.

O atual Presidente, segundo os relatos no livro de Maraniss, era um maconheiro ativo, inventivo e militante. Escreve o autor: "ao contrário de Bill Clinton, que disse nunca ter inalado, o mais importante para Obama era a inalação, que ele próprio designava como 'absorção total' até aos pulmões". Ainda segundo a biografia, se alguém no grupo o não fizesse, era penalizado com a perda de vez ao chegar o seu momento de fumar.

Segundo um membro do grupo Choom Gang, "perder um bom fumo não era tolerado", revela Tom Topolinski, ex-participante do grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário