segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Presidente THC faz enterro da liberdade de expressão



O candidato a vereador Lucas de Oliveira do PSDB, conhecido como Presidente THC,  vem sofrendo uma série de cerceamentos do seu direito de expressar, promoveu o "enterro da liberdade de expressão" na tarde desta sexta-feira, na Esquina Democrática de Florianópolis, como ato de protesto contra a proibição de sua propaganda eleitoral.

Lucas de Oliveira foi proibido de realizar campanha pelas ruas centrais da cidade devido à ação da Promotoria Eleitoral, que entrou com recurso por entender que o candidato estaria fazendo apologia ao uso de entorpecentes e estimulando adolescentes a usarem maconha.

Durante o ato de protesto, Lucas leu um manifesto dizendo estar sendo vítima de "forças ocultas" que tentariam prejudicar sua campanha e garantiu não estimular o uso de maconha, embora tenha destacado que a descriminalização evitaria uma série de problemas na sociedade.

"Jamais distribui kits ou caixinhas com seda. Gritamos pela descriminalização de toda e qualquer droga como forma de acabar com o tráfico de drogas. Isso sim é que mata os jovens da nossa sociedade. Sou maconheiro e tenho orgulho disso", declarou.

Com direito a um caixão, o grupo seguiu em cortejo por seis quarteirões até a sede do Tribunal Regional Eleitoral, onde o candidato entregou sua defesa para tentar liberar a propaganda. "O Supremo Tribunal Federal (STF) já determinou que pedir a liberação da droga não é um crime. O que estão tentando é nos silenciar, como faziam na época da ditadura militar", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário