quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Pesquisa aponta que maioria canadense é a favor da legalização da maconha


Uma nova pesquisa mostra que a maioria canadenses apoiam o afrouxando das leis do país em relação à maconha.Contudo, ainda sim é uma postura nitidamente fora de sincronia com a política do governo federal, que ainda segue a proposta fracassada dos Estados Unidos chamada de “guerra às drogas”.

De acordo com uma pesquisa publicada terça-feira pelo Toronto Research Forum , 65 por cento dos canadenses são a favor da legalização e taxação da maconha, ou que se descriminalize em pequenas quantidades como uma forma mais humana de se tratar o problema.

"Poucos querem que a lei seja como ela é atualmente", disse o presidente do Fórum Lorne Bozinoff, apontando que apenas 17 por cento dos que participaram da pesquisa acreditam que as leis atuais do Canadá sobre a maconha devem permanecer, enquanto 15 por cento querem regras ainda mais duras.

Na segunda-feira, o Fórum de Pesquisa entrevistou 1.849 pessoas selecionadas aleatoriamente por telefone em uma pesquisa interativa de resposta de voz.

"A opinião pública tem estado à frente do governo sobre esta questão por um tempo", disse Bozinoff.
Por outro lado, Ottawa se desvencilhou desta nova perspectiva e defendeu leis mais severas para a maconha, inclusive aumento do tempo de prisão potencial e também a imposição de  sentenças de prisão obrigatórias para o cultivo de seis ou mais plantas de maconha.

Estas estratégias têm atraído críticas de cientistas e organizações como o Brasil baseado Comissão Global sobre Política de Drogas , que em março os chamou de "destrutivo, caro e ineficaz."

"Acho que (os conservadores) têm um modelo de crença moral a, o que não é baseada em evidências", disse Richard Mathias, professor de saúde pública da Universidade de British Columbia.

"É o paternalismo ao extremo”, afirma Mathias.

Mathias acredita que a recente legalização da maconha nos estados do Colorado e de Washington contribuíram novamente para que o debate ficasse acalorado no Canadá. O líder da Aliança Liberal, Justin Trudeau saiu em favor da descriminalização, deixando a porta aberta para a legalização, se algum dia ele chegar ao poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário