terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O Colorado será o novo paraíso dos canabistas?


Uma das grandes vitórias do ativismo no ano passado foi a legalização da maconha nos Estados americanos do Colorado e de Washington, que preferiram legalizar à erva a mantê-la na proibição e continuar a alimentar esta guerra sem fim e todos os malefícios que trás o conceito da repressão e da Guerra às drogas. A decisão da legalização, além de um valor político muito grande também ao contrário do que se pensava, pode trazer um turismo de droga para o Colorado, porém, o estado parece não se preocupar muito com isso.

Contudo, vale também ressaltar, que segundo o Governador, a polícia vai intensificar a fiscalização de entrada e saída do estado, além de aeroportos, orientando os passageiros sobre os riscos que correm transportando maconha do Colorado para outras localidades, sendo que este ato pode ser considerado uma infração criminal, devido às diferentes legislações adotadas sobre a maconha em todo o mundo.

A especulação de um possível turismo da maconha não é visto com muito problema para a maioria dos cidadãos, já que a legislação aprovada aponta que todos os adultos que quiserem ou estiverem interessados em consumir maconha poderão adquiri-la sem problema, sendo que esta pessoa não precisa ter nascido nos Estados Unidos, muito menos ter nascido no Colorado ou ter residência fixa no estado.

Por conta desta legislação é que vem a especulação sobre se o Estado vai virar um local para o turismo da maconha. Diante desta nova regra, ao que tudo indica, haverá sim um turismo em busca da maconha, visto que a lei não faz nenhuma restrição à turista para o consumo e compra de maconha no Colorado.

Além do mais, a questão do turismo da maconha só é levada em consideração, pois nos outros lugares é proibido. É o que acontece direto em Amsterdã e tende a acontecer em lugares onde se permite a venda controlada da maconha, já que se as pessoas não podem fumar em um lugar a tendência é que elas se desloquem para lugares no qual possam fumar sem ser incomodadas; e como fazer turismo é diversão, com toda a certeza vários turistas usuários vão querer sempre juntar as duas coisas e curtir a sua viagem, tornando estes lugares pequenos paraísos dos canabistas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário