sexta-feira, 29 de março de 2013

Conheça mais sobre Pépe Mujica, presidente do Uruguai


José Alberto Mujica Cordano é conhecido popularmente como Pepe Mujica. Uruguaio, agricultor de hábitos singelos, participou na juventude da militância política como guerrilheiro Tupamaro, e por isso foi preso político por 14 anos durante a ditadura militar de seu país. Depois de liberto,  ele foi deputado e ministro. Atualmente, Pepe é presidente do Uruguai, e doa 90% do salário que recebe por sua função.

Mujica é um vanguardista e não se esconde de temas importantes em seu país e no mundo, tendo uma opinião sempre convicta das coisas; Por exemplo: em entrevista no mês de maio de 2012,  José Mujica assumiu ser um descrente confesso. “Eu ainda não fui capaz de acreditar em Deus”, disse. “Se existe um ser tão poderoso, espero que Ele ajude os pobres da América Latina”.

Como no Brasil, o Uruguai não tem religião oficial e, portanto, a igreja e o estado estão oficialmente separados. Porém, no Brasil o estado laico é uma “fachada” - uma vez que 65%  da população se considera católica e 22% está vinculada as igrejas protestantes. Já no Uruguai, ainda que 45% da sociedade se cosidere católica, 44% da  população é formada por ateus, agnósticos ou anti-sectaristas - pessoas que acreditam em um Deus, mas não pertencem a religião alguma.

Outro ponto polêmico do governo Mujica foi o aborto, porém, mais uma vez o governo acertou em promulgar em outubro do ano passado, a lei de descriminalização do aborto para determinadas condições. 

Na Câmara dos Deputados, a votação levou 14 horas devido aos intensos debates, e foi marcada por uma votação apertada: 50 deputados a favor e 49 contra. No Senado, porém, o processo aconteceu de forma mais rápida. A descriminalização do aborto foi aprovada por 17 dos 31 legisladores.

Agora, a bola da vez é a descriminalização da maconha como forma de combater o narcotráfico e impedir que os jovens tenham acesso às drogas consideradas pesadas. Para Mujica, a partir do momento em que o governo controla a venda da maconha, com toda a certeza os jovens, que antes teriam que recorrer ao mercado negro, agora tem um lugar legal para adquirir a sua maconha e não fique preso ao ciclo da criminalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário