segunda-feira, 22 de abril de 2013

Senador apresenta projeto para descriminalizar a maconha em Porto Rico


O projeto de lei apresentado nesta semana pelo senador governante Partido Popular Democrático (PPD) Miguel Pereira para descriminalizar o consumo de maconha levantou uma polêmica em Porto Rico. Pereira apresentou um projeto de lei para permitir que pessoas de 21 anos ou mais possuam e consumam de forma legal até 31 gramas de maconha.

Até o momento, em Porto Rico, quem for pego portando maconha pode ser penalizado com uma multa de até 5 mil dólares, além de 3 anos de prisão. O senador sublinhou que seu projeto de lei reconhece o problema que existe em Porto Rico e ajudará, se for aprovado, a reduzir a criminalidade ligada ao tráfico de drogas.

Pereira surpreendeu, além disso, ao afirmar que o número de usuários da maconha na ilha é altíssimo, chegando a 70% dos estudantes universitários de Porto Rico e uma elevada porcentagem de profissionais.

"O que essa medida visa é descriminalizar a posse para o consumo e reconhece o que está acontecendo no país", disse Pereira, cuja iniciativa contou com a rejeição dos setores mais conservadores da sociedade de Porto Rico.

O senador do PPD ressaltou que um dos motivos de sua iniciativa é o de abrir um debate sobre o tema, após esclarecer que será possível introduzir mudanças para melhorar sua proposta de lei.

O projeto propõe eximir os consumidores de maconha de serem submetidos a detenções e processos judiciais pela simples posse da droga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário