sexta-feira, 17 de maio de 2013

Vovó pega com 69 pés de maconha na Escócia


Cultivar maconhaUma senhora de 59 anos, Catherine Cosgrove, da terceira cidade mais populosa da Escócia, Aberdeen, foi surpreendida em sua casa, quando o xerife da cidade recebeu denúncias anônimas. A plantação de maconha estava escondida no sótão da casa da senhora.

Ela assumiu ser dona da plantação. O local de cultivo era bem escondido e tinha apenas uma entrada, que era pela porta escondida em seu armário embutido no quarto. Realmente a vovó teve as manhas de fazer o negócio.

Avó de três netos, Catherine admitiu ser produtora de uma droga ilegal assim que chegou até a delegacia. O xerife William, responsável pela localização da infração, ordenou que a senhora cumpra 120 horas de trabalho não remunerado para compensar os "danos" causados à sociedade.

A senhora gente boa, não reagiu e não mostrou resistência em momento algum, e contestou o fato de o xerife dizer que ela causou danos à sociedade. Segundo Catherine, ela cultiva maconha desde sua adolescência, e aprendeu a arte de cultivar e gostar da planta justamente com sua avó, outra idosa que gostava de plantar sua ervinha.

É difícil aceitar que uma idosa aposentada, que já cumpriu seu dever trabalhista com a sociedade, já criou sua família e hoje em dia curte ficar com seus netinhos e fumar um baseado, seja acusada de causar danos à sociedade, só por ter algumas plantas de maconha em sua casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário