terça-feira, 16 de julho de 2013

2 milhões de pés de maconha selvagens destruídos na Rússia


maconha selvagemMais de 2 milhões de plantas de maconha selvagens foram destruídas na Rússia nesse fim de semana.

Dezoito toneladas de Cannabis selvagem, ou cerca de dois milhões de plantas, foram ceifadas e destruídas no sul da Rússia, como parte de uma campanha em curso para erradicar a maconha no país, feita pelo Serviço Federal de Controle de Drogas (FSKN) nesta segunda-feira.

As plantas de cannabis foram crescendo em 7,4 hectares de terra pertencentes a um colégio agrícola no distrito de Konstantinovsky da Região de Rostov, o FSKN disse em um comunicado.

A Cannabis selvagem cresce em abundância no sul e na região central da Rússia, o coração de uma indústria de cânhamo outrora prosperou por lá. Ao contrário de maconha da Ásia Central ou da Índia, a cannabis russa contém muito pouco THC, o composto psicoativo principal, que é mais presente nas variedades indica e sativa, e na Rússia a variedade predominante e nativa é a ruderalis, que floresce mais rápido e cresce em tamanho menor. No entanto, é tecnicamente possível obter uma onda das plantas por extração e processamento de partes delas.

Viktor Ivanov, chefe do FSKN, exortou os cientistas russos em 2011 para produzir uma cepa de Cannabis que não contém THC e pode ser plantada em vez da Cannabis selvagem. Ele disse que a nova cepa poderia ajudar a revitalizar a indústria de cânhamo da Rússia e criar novos empregos, mas respeitando a legislação de drogas.

A Rússia czarista era um grande exportador de cânhamo para a Europa Ocidental, onde foi usado para fazer cordas, têxteis e papel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário