terça-feira, 13 de agosto de 2013

Maconha ajuda a tratar distúrbios digestivos

maconha medicinalUm novo estudo publicado pelo Journal of Physiology and Pharmacology, e conduzida por pesquisadores da Universidade McMaster, concluiu que o THC - um composto privilegiado da maconha - pode proteger o corpo contra distúrbios digestivos, tais como a doença inflamatória intestinal.

Os pesquisadores no estudo utilizaram THC em ratos, e descobriram que a substância "pode ​​proteger a mucosa do estômago e do intestino e acelerar a cicatrização de ferimentos e de inflamação."

Durante o estudo, os pesquisadores descobriram que o THC pode ser útil, mesmo quando administrado em pequenas doses suficientes para não produzir o "barato", que normalmente vem com ele: "Nós estávamos focados apenas nos efeitos locais na mucosa do intestino e do estômago, sem produzir altos níveis de THC no sangue para causar mudanças de comportamento ".

Os estudos foram financiados pela Fundação de Crohn e Colite do Canadá.

Não é de hoje que os maconheiros sabem que a maconha funciona muito bem nessa área, tanto que chamam os baseados de digestivos, quando fumados após as refeições.

O que acontece, é que com a proibição da maconha, fica difícil estudar a erva em escala realmente científica, dentro dos grandes centros universitários. Por isso em países como Canadá e Israel é de onde vem a maior parte das descobertas, pois la os governos apoiam as pesquisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário