terça-feira, 17 de setembro de 2013

Cannabis pode tratar danos cerebrais causados pelo alcoolismo


maconha medicinalUm novo estudo publicado na semana passada pela revista Pharmacology Biochemistry and Behavior Journal descobriu que a maconha medicinal pode reduzir o dano cerebral associado ao consumo excessivo de álcool a longo prazo.

Segundo os pesquisadores, "o estudo teve como objetivo promover o desenvolvimento pré-clínico de administração transdérmica de canabidiol (CBD) para o tratamento da neurodegeneração induzida pelo álcool."

Para o estudo, os modelos de ratos foram tratados com as duas formas de canabidiol (CBD - um composto da cannabis), através de um gel transdérmico, e uma injecção intraperitoneal.

Os investigadores descobriram que um gel que consistia em 5% de canabidiol "resultou numa redução de 48,8% na morte neuronal no córtex entorrinal", que "tenderam a significância estatística."

Os investigadores estudaram os resultados de um gel que continha 2,5%, canabidiol e, de uma injecção, e encontrou "magnitudes semelhantes de neuro-proteção após ambas as vias de administração".

Os investigadores concluem que; "Estes resultados demonstram a viabilidade do uso de sistemas de distribuição transdérmica de CBD para o tratamento de neurodegeneração induzida por consumo de álcool."

O estudo foi conduzido por pesquisadores do Departamento de Ciências Farmacêuticas da Universidade de Kentucky, e da Universidade de Maryland, EUA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário