quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Cannabis shop podem aparecer em Berlim

legalizar maconhaOs famosos cafés da Holanda, coffee shops, podem em breve aparecer também na capital da Alemanha, Berlim.

Comprar legalmente alguns gramas de maconha pode em breve se tornar realidade em Berlim. Nova prefeita do distrito de Kreuzberg, Monika Herrmann, tem planos para abrir primeira loja de café de Cannabis da Alemanha.

Quando Monika Herrmann tomou posse como prefeita de Kreuzberg, Berlim, em agosto, ela fez da legalização da maconha uma prioridade. É um tema que trás polêmica no capital da cidade, especialmente com as eleições federais alemãs estabelecidas para 22 de setembro. Hermann está seguindo os passos políticos de seu antecessor Franz Schulz. Ela vê a legalização da maconha como forma de enfrentar o problema das drogas crescendo em Görlitzer Park, em Kreuzberg, que se tornou um dos centros de traficantes de droga centrais da cidade.

"Se queremos ganhar o controle dos traficantes e os seus produtos, temos de gerir a distribuição". A iniciativa deve-se lentamente erradicar o negócio dos concessionários e também evitar o consumo.

Isso pode ser uma boa notícia para as pessoas que esperam ir relaxar em uma cafeteria, com um baseado na mão, como em Amsterdam. Mas a política de drogas da Holanda não deve necessariamente ser um modelo para Berlim, Hermann disse. Em vez disso, as lojas da cidade devem contratar gerência e vendedores com formação médica, a fim de aconselhar os clientes.

Isto marca um passo significativo para aqueles que procuram reforma na política de drogas. "É sobre a obtenção dos concessionários fora do negócio e criar uma estrutura, em que se pode comprar cannabis sem aditivos, por isso é menos perigoso", Georg Wurth da Organização Weed de Berlim,, disse à DW. "Começamos uma campanha de motivar outras cidades para fazer o mesmo, cafés abertos ou clubes sociais de cannabis, como na Espanha, a fim de resolver todos os problemas que estamos enfrentando devido à proibição. "

Nenhum comentário:

Postar um comentário