segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Harvard faz estudo sobre maconha contra o câncer

maconha no tratamento do câncerNovo estudo feito na universidade de Harvard descobre que a Cannabis pode reduzir o crescimento do tumor na metade em apenas três semanas.

Um estudo de Harvard que vem sendo feito desde 2007, que continua a ser o mais completo já lançado sobre o potencial do THC para combater tumores, descobriu que em apenas três semanas, as doses de THC foram capazes de reduzir o crescimento do tumor do câncer de pulmão na metade em ratos doentes, e foram capazes de reduzir as lesões cancerosas.

Para o estudo, pesquisadores de Harvard testaram THC (delta-9-tetrahidrocanabinol, que é encontrado naturalmente na cannabis) em células cancerosas em laboratório, e seguiu-se, estudando nos ratos.

Na demonstração de laboratório descobriram que doses de THC inibiram o crescimento e proliferação nas células cancerosas; "Quando as células são pré-tratados com o THC, elas têm menos invasão de EGFR estimulados, como medido por vários ensaios in-vitro", afirma Anju Preet, PhD, que é um dos investigadores para o estudo.

Após o teste de laboratório, os pesquisadores dosaram ratos - que foram implantados com células de câncer de pulmão humano - com o THC, e constatou-se que, em apenas
três semanas, os tumores foram reduzidos em tamanho e peso em cerca de 50% em comparação a um grupo controle. De acordo com Preet, lesões cancerosas nos pulmões também foram reduzidas - por cerca de 60% - e foi como uma redução significativa no "marcadores" de proteína associados com a progressão do câncer.

Pesquisadores prevem que o THC tinha um efeito positivo sobre a luta contra os tumores porque ativa moléculas que prendem o ciclo celular, e também pode interferir com os processos de angiogénese e a vascularização, que levam ao crescimento do câncer.

Mais de 6 anos desde seu lançamento original, o estudo continua sendo um dos mais importantes estudos relacionados à cannabis já lançados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário