quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Leonardo da Vinci poderia ter usado cogumelos alucinógenos?

alucinações de da vinciAté recentemente, se pensava que os cogumelos alucinógenos eram parte da herança cultural de algumas poucas populações asiáticas e americanas e que seu crescimento espontâneo ocorreu apenas nessas regiões da terra, tão longe da Europa.

Mas, durante os vinte anos entre 1970-1990, muitos estudiosos começaram uma investigação profunda sobre a flora europeia específica (apesar de cogumelos não serem plantas), de forma inesperada houve a descoberta de uma variedade excepcional e incrível de cogumelos potencialmente alucinógenos. Eles encontraram 38 espécies de cogumelos da Europa com o princípio ativo psilocibina, além de dois famosos cogumelos, Amanita muscaria e Amanita pantherina.

Durante o mesmo período, a mesma pesquisa também observou a presença no território italiano, de quase 19 espécies de cogumelos alucinógenos do gênero Psilocybe, lnocybe , Pluteus e Panaeolus. também conhecidos como Zauberpilze naquela época.

Pois bem, e aonde entra Leonardo da Vinci nessa história? É simples, afinal Leonardo foi provavelmente uma das pessoas mais importantes do milênio, se não o mais importante. Isso porque ele era um visionário, gênio, artista, e tudo mais. O cara pintou quadros que até hoje se revelam segredos, escreveu obras de ensinamentos profundos, projetou e inventou máquinas visionárias, que hoje em dia, séculos depois, fazem parte do nosso cotidiano. Leonardo entendia de várias ciências de um modo geral, como anatomia, biologia, física, química, botânica, artes, música, engenharia, dentre outras áreas do conhecimento.

Mas as pessoas podem dizer: Ora, ele era apenas um homem bem de vida que teve acesso a muita educação, mas não é bem assim, afinal Leonardo não nasceu rico, era filho de uma camponesa, e a alta educação era somente para os poderosos da época. 

Leonardo foi educado em um ateliê de um pintor, por isso essa era sua carreira profissional de origem, artista plástico. Porém, quando ainda jovem, com aproximadamente 18 ou 19 anos, Leonardo ficou desaparecido por um período de 2 anos. Esse desaparecimento ocorreu quando ele estava em uma floresta na Itália, procurando inspiração para algo, quando acredita-se que ele entrou em uma caverna, e por lá teria ficado desaparecido.

Teóricos sugerem que ele foi abduzido por extraterrestres ou seres do futuro, pois quando ele voltou desse período, ele tinha conhecimentos de engenharia por exemplo, que na época nem sequer era cogitado. Foi quando ele desenhou o primeiro helicóptero, máquina essa que só seria desenvolvida de séculos depois!

cogumelos alucinógenosSabemos que nas cavernas, os cogumelos crescem em abundância, pois é o local ideal para sua formação, com umidade e escuridão. Será que como Steve Jobs, da Vinci teria vivido algumas experiências psicodélicas que permitiram sua mente expandir ao ponto de criar coisas futuristas e imagináveis? Ou ainda que o uso dessas substâncias lhe permitiram entrar em contato com seres de outros mundos, dimensões ou tempos? Pode parecer tudo loucura aos olhos de céticos e pessoas caretas, mas para quem estuda e usa essas substâncias, nada é impossível. Ta certo que dessas hipóteses a mais sensata e que é comprovada cientificamente, é que essas drogas expandem sua capacidade cerebral em dezenas de vezes, o que poderia explicar seu conhecimento adquirido nesses dois anos de ausência, mas e as máquinas futuristas desenhadas e criadas por Leonardo? E os estranhos objetos voadores que aparecem em algumas de suas pinturas? Parecem discos voadores. Mas de fato não saberemos nunca o que realmente aconteceu com este notório ser humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário