segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Novo estudo conclui o óbvio: Uso de maconha não causa agressividade

maconha e agressividadeUm novo estudo publicado na edição da revista Addictive Behaviors deste mês concluiu que o consumo de cannabis não aumenta as chances de agressão entre parceiros íntimos, enquanto com o álcool as chances aumentam diretamente a possibilidade de tal agressão.

Para o estudo, os estudantes universitários do sexo masculino em relacionamentos comprometidos passaram por pesquisas diárias, por um período de 90 dias, avaliando seu consumo de cannabis e de álcool, bem como qualquer ato de agressão que cometeram contra seu parceiro (a), seja agressão física (qualquer ato contundente com a intenção de causar ferimentos) , agressão psicológica (insultos, menosprezo, ameaças ou intimidação) e agressão sexual (contato sexual forçado ou coerção).

Os resultados determinaram que, nos dias em que os participantes usaram álcool, houve um aumento substancial na probabilidade de que a pessoa chegasse a cometer um ato de agressão física ou sexual, e a probabilidade aumentava de acordo com a quantidade de bebida consumida.

As chances de agressão psicológica aumentaram em dias onde os participantes bebiam pesadamente (5 ou mais doses de bebidas).

No entanto, os pesquisadores descobriram que o consumo de cannabis, independente de quanto ou quão freqüentemente usada, não aumentam a probabilidade de agressão.

Os pesquisadores concluíram que "o uso da maconha diário não aumenta as chances de qualquer tipo de agressão. "

O estudo, que foi conduzido por pesquisadores da Universidade do Tennessee e Florida State University, nos EUA pode ser encontrado original em inglês clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário