quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Proposta para debater posse de drogas em Washington tem data marcada

Uma proposta para descriminalizar a posse pessoal de substâncias ilegais no Estado de Washington recebeu oficialmente uma data para a audiência em seu primeiro comitê designado, o Comitê de Segurança Pública.

A audiência terá lugar na próxima terça, 14 de janeiro.

Sob a proposta de lei - House Bill 2116 - a posse de uma substância ilegal , quando não há intenção de distribuir a substância, será reduzido de uma acusação com uma potencial sentença de prisão de 5 anos, para um delito com uma pena máxima de 90 dias. Isso se aplica a Cannabis, dado que a posse de qualquer coisa com mais de 40 gramas é um crime, apesar da posse de até 28
gramas ser legal - sob esta nova lei , a posse de qualquer quantidade de cannabis para uso pessoal não seria mais um crime.

A medida é apoiada pelo deputado estadual Sherry Appleton, e foi formulada pela organização sem fins lucrativos Sensible Washington. Outros patrocinadores oficiais da proposta incluem Vice- Presidente da Câmara Jim Moeller e o Vice e o Prefeito Joe Fitzgibbon e Jessyn Farrell.

As organizações da Law Enforcement Against Prohibition, e Students for Sensible Drug Policy, endossaram oficialmente a medida.

No Brasil o que faltam são protestos, protestos para mostrar o que queremos, para mostrar que apoiamos a maconha e queremos ser livres para consumir. A Marcha da Maconha é um evento certo já todo ano e muito válido, mas com apenas um dia no ano sendo realizada, não provocou até hoje muito a atenção das autoridades, devemos protestar mais vezes ao ano, o máximo possível, com todos os maconheiros se unindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário