terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Novo estudo mostra eficácia da maconha para tratar doença de estresse e depressão

maconha medicinalUm estudo publicado na edição do British Journal of Pharmacology deste mês constatou que a maconha pode tratar doenças relacionadas ao estresse que tenham um componente neuro inflamatorio, tais como a depressão.

Para os pesquisadores do estudo realizado várias experiências com modelos animais (neste caso, ratos) descobriram que ativar determinados receptores canabinóides do corpo foi bem sucedido em reverter a resposta inflamatória causada por stress.

Os investigadores concluem que; "Estes resultados sugerem que a manipulação farmacológica do receptor CB2 é uma estratégia terapêutica potencial para o tratamento de patologias relacionadas com o stress, e todas que tenham um componente neuro  inflamatório, tais como a depressão.

Embora o estudo utilizou canabinóides sintéticos, os seus resultados sugerem que a cannabis pode ser utilizada como um tratamento para essas condições, dado que a cannabis naturalmente ativa e regula os receptores de canabinóides do corpo.

O estudo foi conduzido por pesquisadores da Universidade Complutense, na Espanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário