segunda-feira, 31 de março de 2014

Metade dos Estados Unidos já aprovou alguma forma de legalização da maconha medicinal

legalização da maconha
Em 2014 vários estados dos EUA aderiram ao movimento para legalizar pelo menos alguma forma de cannabis medicinal.

Em Utah, o governador assinou recentemente uma medida de legalização do óleo de maconha com baixo teor de THC. Em Kentucky, a legislatura do estado votou por unanimidade para legalizar o canabidiol ( um composto encontrado na cannabis ), a medida deverá ser assinada pelo governador.

No Mississippi, o Senado votou para legalizar também o óleo de cannabis que é pobre em THC para fins médicos. A medida aguarda resposta do governador.

Em Maryland, a legislatura completa do estado votou para legalizar a cannabis medicinal, incluindo farmácias e centros de cultivo.

Assembléia Legislativa do Alabama aprovou uma medida que estabelece um estudo de milhões de dólares em cannabis medicinal, permitindo que a Universidade do Alabama, possa produzir e distribuír para as pessoas com distúrbios convulsivos.

Embora estas medidas não vão longe o suficiente - toda a planta cannabis deveria ser legalizada por exemplo, e não apenas o óleo - são claramente um passo na direção certa. A aprovação destas propostas em numerosos estados, confirma que a cannabis tem valor medicinal.

Com esses estados passando recentemente propostas de maconha médica, faz om que 25 estados nos EUA tenham essas novas leis liberais - metade de todo o país - que votaram para legalizar alguma forma de cannabis medicinal (com os outros são Alaska , Arizona , Califórnia, Colorado , Connecticut , Delaware , Havaí , Illinois , Maine, Massachusetts, Michigan , Montana , Nevada, New Hampshire , Nova Jersey , Novo México, Oregon , Rhode Island, Vermont e Washington ). Esta é uma grande conquista para os americanos, dada que a primeira lei cannabis medicinal foi aprovada com menos de 20 anos atrás.

Outros legislativos estaduais , como da Flórida , também estão avançando propostas de maconha medicinal, e vários outros estados têm legislação que está sendo discutida. É só uma questão de tempo antes de a cannabis medicinal ser legalizada no país inteiro, e no mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário