sexta-feira, 28 de março de 2014

Nova política de Coffee Shops na Holanda. Não sem lutar primeiro!

escola impede coffee shopA partir do dia primeiro de janeiro 2014 uma nova lei tem sido aplicada na Holanda, que determina que a distância entre escolas e coffee shops deve ser de um raio de 350 metros. Especialmente para grandes cidades isso tem grandes consequências. 

O ex-líder do partido da CDA, Michael Veling e atual proprietário do coffee shop 420, corajosamente, quer evitar que sua loja seja fechada, isso tentando comprar uma escola no centro de Amesterdã, que poderia causar o fechamento de também outras 11 lojas, isso porque todas essas lojas dentro do raio de distância determinado pela lei. A escola está, certamente, levando a oferta em consideração. 

No momento, as lojas ainda estão autorizadas a permanecerem abertas, mas só depois das 18:00 horas, quando as escolas estão fechadas. Isso resultaria em uma falência lenta para todos os envolvidos no negócio de coffee shops. Enquanto isso, o tribunal está lembrando-lhes que eles deveriam ser gratos! Afinal, eles já havia anunciado que essa lei seria colocada em prática.

Ai entrou uma longa discussão em Amsterdã devido a atitude do empresário Michael Veling. Afinal, ainda existem algumas pessoas por lá que são cabeças duras e contra a maconha, e essas pessoas estão alegando que se o governo permitir que ele compre esta escola, para então fecha-la, permitindo assim o funcionamento em tempo integral das lojas de maconha, ou até mesmo transformando a antiga instituição de ensino em mais uma de muitas lojas de maconha na cidade, ele estaria priorizando o uso de maconha ao invés de priorizar a educação na cidade.

Mas não é bem assim que o senhor Michael está planejando. Ele está de olho na possível falência de mais de uma dezena de empresários, mas jamais esquecendo da importância da educação. Por isso ele anunciou que fará uma bela proposta aos donos da escola, e que ajudará a transferir a instituição para outro local, previamente planejado, de fácil acesso aos alunos e que não comprometa também outras lojas de marijuana já estabilizadas na cidade de Amsterdã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário