terça-feira, 3 de junho de 2014

Cientistas estudam efeitos de psicodélicos sobre o cérebro, e há mais do que você imagina

cogumelos mágicosAcontece que os psicodélicos não são apenas bons para se transformar em um elfo ou ver coisas realmente loucas acontecerem. Psiquiatras, psicólogos e especialistas em vício e recuperação de experiências traumáticas têm vindo investigar o uso de alucinógenos em programas de tratamento, e os resultados indicam que os psicodélicos realmente têm usos terapêuticos práticos.

É uma droga que tem se revelado particularmente útil. Vários estudos têm encontrado no composto psicodélico de cogumelos mágicos, a psilocibina, o poder de ajudar as pessoas a superarem grandes questões da vida, como vencer o alcoolismo e tornar-se mais compreensivas.

Um estudo concluiu que a exposição controlada a psilocibina pode ter longa duração de benefícios médicos e espirituais. Em 2011, pesquisadores da Johns Hopkins descobriram que, dando à cobaias voluntárias apenas a dose certa (não o suficiente para dar-lhes uma bad trip aterrorizante), eles foram capazes de induzir de forma confiável experiências transcendentais em voluntários. Isso provocou o crescimento psicológico de longa duração e ajudou os voluntários a encontrarem a paz em suas vidas, tudo sem efeitos colaterais. Quase todos os 18 indivíduos do teste, com idade média de 46 anos, foram graduados. Setenta e oito por cento eram religiosos e todos estavam interessados ​​em encontrar uma experiência científica.

Quatorze meses depois, 94% disseram que sua viagem com cogumelos mágicos foi um dos cinco momentos mais importantes de suas vidas. Trinta e nove por cento disseram que era a coisa mais importante que já havia acontecido com eles. Seus colegas, amigos e membros da família disseram que os participantes ficaram mais amáveis e mais felizes ; os voluntários tiveram experiências positivas que vão de mais empatia e casamentos melhorados até o fim do alcoolismo.

O autor principal, Roland Griffiths disse que " O ponto importante aqui é que encontramos o ponto ideal onde podemos otimizar os efeitos persistentes positivos e evitar um pouco do medo e da ansiedade que podem ocorrer e pode ser muito perturbador, as famosas bad trips. "

Além disso, os pesquisadores dizem que essas mudanças na personalidade são altamente atípicas, porque personalidades tendem a ser bastante definidas após a idade de 25-30 anos. De acordo com a pesquisadora de pós-doutorado Katherine MacLean, que contribuiu com o estudo, "Este é um dos primeiros estudos a mostrar que você realmente pode mudar a personalidade de um adulto."

"Muitos anos depois, as pessoas estão dizendo que foi uma das experiências mais profundas de sua vida", ela continuou. "Se você pensar sobre isso, nesse contexto, não é surpreendente que pode ser permanente."

Isto é estritamente - não - tente - isso -em-casa. Maclean diz que " em um ambiente sem supervisão, se esse tipo de medo ou ansiedade, em conjunto, a bad trip clássica, pode ser muito perigosa. " Mas " No lado mais especulativo, isto sugere que pode haver uma aplicação da psilocibina para criatividade ou resultados mais intelectuais que nós realmente não temos explorado a todos ".

Nenhum comentário:

Postar um comentário