quinta-feira, 26 de junho de 2014

O quão segura é a maconha?

fumar maconhaAo contrário de algumas crenças populares, a maconha é realmente uma droga extremamente segura. Apesar do fato de que o THC e outros canabinóides serem os principais ingredientes ativos, não há nenhum estudo que sugere que seu uso possa ser letal. Outras drogas psicoativas (como o álcool, aspirina, opiáceos, nicotina e cafeína) têm sido conhecidos por causar overdoses fatais, mas a maconha nunca teve esse tipo de efeito. Em 1988, o próprio juiz administrativo da Agência de Combate às Drogas dos Estados Unidos, Francis Young, escreveu: "A maconha, em sua forma natural, é uma das mais seguras substâncias terapeuticamente ativas conhecidas pela humanidade."

Várias experiências em animais mostraram que uma dose letal de cannabis teria que ser de 20.000 a 40.000 baseados fumados continuamente sem parar, o que é algo impossível, tendo em conta que a pessoa provavelmente dormiria antes de chegar a qualquer quantidade absurda dessas, além do que a pessoa não morreria por intoxicação da maconha em si, mas morreria até antes devido a fumaça. Nenhuma morte por overdose de maconha já foi registrada.

Segurança inerente da maconha pode ser explicada pela forma como reage o corpo. Recentemente, os cientistas descobriram que os ingredientes ativos na cannabis (os canabinóides) trabalham num sistema de sinalização no corpo humano conhecido como o canabinóide endógeno (ou sistema endocanabinoide) do corpo. Este sistema tem as células receptoras em vários lugares ao longo do cérebro e do corpo, mas as células estão praticamente ausentes no tronco cerebral. As funções importantes de controle do tronco cerebral, como a respiração e os batimentos cardíacos que essencialmente garantem que fortes doses de maconha não vão colocar em risco a própria vida.

Claro que, como qualquer outra droga, a maconha ainda pode ter efeitos adversos se for abusada ou mal utilizada. Além disso, algumas pessoas simplesmente não gostam de maconha e muitas vezes podem achar que é mais desagradável do que benéfica. Em qualquer caso, é importante que as pessoas tenham acesso à informações precisas sobre o uso da maconha. Sem essas informações, eles provavelmente não vão saber sobre qualquer um dos benefícios potenciais, quantidades normais de doses, ou como eles podem adquirir e manter um fornecimento regular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário