quarta-feira, 16 de julho de 2014

Descriminalização da maconha em Washington D.C entra em vigor amanhã

legalização da maconhaNo início deste ano, o Conselho de Washington D.C, capital dos Estados Unidos, votou para descriminalizar a maconha. A votação era para descriminalizar a posse de até uma onça de maconha (30 gramas), tornando uma infração em vez de um crime, passível de uma multa de US$ 25,00. Apesar das tentativas de inviabilizar a descriminalização da maconha, por parte de alguns membros do Conselho em Washington DC, a medida de descriminalização está definida para entrar em vigor nesta quinta-feira dia 16/07. 

Representante da Câmara dos Estados Unidos, Andy Harris, levou à pauta para tentar inviabilizar o processo. Isto levou a um pedido do prefeito de Washington D.C, Vincent Gray, para os moradores da cidade para boicotar áreas turísticas que o Representante Harris atua. 

"Ele está a interferir com a democracia nesta cidade, e nós queremos que as pessoas entendam como nos sentimos a respeito", disse o prefeito em entrevista. Ele ressaltou que Maryland, assim como D.C, descriminalizou a maconha este ano, e se o congressista, Andy Harris tivesse ido no Legislativo, ele teria sido derrotado. 

A batalha para descriminalizar o porte de maconha em Washington DC destaca a luta para reformar as leis prejudiciais à maconha, e como alguns membros do Congresso se recusam a deixar que políticas de proibição falhas prossigam. Washington D.C aprovou a maconha medicinal há muito, muito tempo atrás. No entanto, devido à prevenção de financiamento pelo Congresso, a implementação do programa de maconha medicinal em D.C não foi concluída até muito recentemente. Residentes de Washington DC estão propensos a votar pela legalização da maconha em novembro deste ano, durante a eleição de 2014. Se aprovada, espero que os membros do Congresso respeitem a vontade dos eleitores, em vez de buscar mais um confronto entre membros do Congresso e D.C.

Nenhum comentário:

Postar um comentário