sexta-feira, 25 de julho de 2014

Tribunal da Alemanha permitiu cultivo de maconha medicinal por parte de pacientes

AlemanhaEsta semana, um tribunal alemão determinou que pacientes de maconha medicinal podem cultivar seu próprio remédio. A Alemanha tem um programa de maconha medicinal, mas até a decisão do tribunal, a maioria dos pacientes tinham que comprar seus remédios em farmácias. 

A decisão ocorreu depois de cinco pessoas emitirem uma queixa a um tribunal em Colônia depois de terem sido negada permissão para cultivar cannabis em casa. Essas pessoas, na verdade, tinham autorização para comprar e consumir cannabis medicinal, mas eles queriam a opção de cultivar plantas em casa, porque o custo para comprar cannabis era muito alto e seu seguro de saúde não cobria isso. 

Três dos cinco demandantes cumpriram os requisitos para cultivar plantas em casa, porque eles foram capazes de assegurar ao tribunal que suas plantas não seriam acessíveis a terceiros. Os candidatos aprovados terão uma autorização para comprar e usar maconha para fins médicos e serão permitidos a cultivarem a quantidade necessária para tratar a sua dor crônica. No entanto, os outros dois foram rejeitados porque um paciente tem um apartamento muito pequeno para o cultivo seguro e não podia provar que terceiros não teriam acesso às plantas, enquanto o outro paciente não tinha esgotado outras opções de tratamento disponíveis antes de ir para a cannabis. 

A decisão do tribunal não se aplica a todo e qualquer paciente de maconha medicinal na Alemanha. A decisão do tribunal significa que é possível para um paciente que está licenciado para comprar, possuir e usar maconha medicinal para também ser concedido o direito de cultivar seu próprio remédio. Cada paciente terá que buscar seu próprio caso, e se eles puderem provar que eles atendem aos requisitos rigorosos, então eles poderão ter a concessão do direito de cultivar a sua própria medicina. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário