segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Cidadãos uruguaios estão legalmente autorizados a cultivar a própria maconha

autorização de cultivoUruguai está na vanguarda da reforma da maconha no momento. Enquanto alguns países mascaram a proibição da maconha, mas tecnicamente ainda a tem nos livros como sendo ilegal, o Uruguai legalizou oficialmente a maconha. Ela ainda não é vendida nas lojas, mas os cidadãos podem agora se inscrever para cultivar a sua própria maconha.

As pessoas no Uruguai que querem plantar sua própria maconha em casa poderão se registrar quarta-feira, o governo lançou a última fase de seu programa de legalização. 

Sob uma lei que entrou em vigor em maio, os cidadãos do Uruguai ou residentes legais que têm pelo menos 18 anos de idade podem cultivar maconha para uso pessoal se registrarem. Há um limite de seis plantas fêmeas, com uma colheita anual de até 480 gramas. 

Depois que o Uruguai legalizou a maconha, iniciou uma conversa em todo o mundo sobre a reforma da maconha. Quase todos os países latinos e sul-americanos, pelo menos, falaram sobre a legalização da maconha desde que o Uruguai aprovou a reforma, e alguns países estão realmente explorando as idéias. 

América Latina e América do Sul foram devastadas pelos cartéis e o crime organizado, e a legalização da maconha prejudicaria aqueles mesmos cartéis, o que torna este tipo de reforma muito importante. Ele também torna o processo de implementação do Uruguai muito importante, pois todos os olhos estão vendo como vai ser. Estou confiante de que vai se sair muito bem, e espero que outros países sigam o exemplo do Uruguai, principalmente o nosso Brasil, que está vendo mais de perto ainda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário